Montagem do Presépio com as crianças

Vamos apresentar aqui uma sugestão para montagem do presépio para ser vivenciada com as crianças. O presépio é montado a quatro semanas do Natal, no primeiro domingo do advento, em 2010 será dia 28 de novembro.

Nesta proposta a cada dia acendemos a vela da coroa do Advento, abrimos o calendário do Advento, colocamos os itens do presépio, e podemos contar uma história ou cantar uma música de natal, mas cada família pode adaptar conforme seu gosto.

As velas da coroa do Advento devem ser apagadas no final e somente permanecerão acesas na noite de Natal.

Sugestões de músicas, histórias, como fazer a coroa e o calendário do Advento estão no final.

Primeira semana: No primeiro dia será montado apenas o cenário. Um pano azul marinho com o anjo representando o céu. Na mesa coloca-se um pano marrom e nas bordas um pano vermelho. Deixar os panos com bastante dobras para dar volume.

No decorrer desta semana acender a vela azul da coroa do Advento, abrir o calendário do Advento, e as crianças irão colocar uma estrela no céu para que no dia de Natal esteja repleto, e no presépio colocarão pedrinhas, areia, terra, cristais representando a terra e o reino mineral.

Segunda semana:

No decorrer desta semana acender a vela azul e a verde, abrir o calendário. Esta é a semana que representa o reino vegetal e a água.

Coloca-se o laguinho (feito de espelho ou vidro com papel celofane azul por baixo) e as crianças podem trazer musgos, folhas, galhos, sementes, gravatá, barba de bode, ramo de pinheiro, planta-se alpiste com as crianças em vasinhos;

Nesta semana, chega também a árvore de natal que poder ser decorada toda em um dia ou a partir deste dia conforme a vontade da família.

Terceira semana:

Nesta etapa estará sendo representado o ar e o reino animal, acender a vela azul, a verde e a amarela, abrir o calendário. Coloca-se a casinha onde nascerá o Menino Jesus, que poderá ser confeccionada com galhos, palha, cerâmica, gruta de pedras ou outros elementos naturais. Colocar o burrinho, a vaca e as ovelhas, que ficam dentro do estábulo ou no pasto;

Quarta semana:

Aparecem as figuras humanas, representando o Reino Humano. Acender a vela azul, a verde, amarela, abrir o calendário. Colocar Maria e José acompanhados pelo burrinho no início do caminho até a manjedoura, durante a semana eles irão se aproximando até que entram na casinha na véspera de Natal. Colocar o Anjo acima do local de nascimento de Jesus. Os pastores ficam pelos campos e também se aproximam com a chegada do Natal

Noite de Natal – 24/12

Acender a vela azul, a verde, a amarela e a vermelha, abrir o calendário. Colocar o menino Jesus, contar a história do nascimento de Jesus e cantar as músicas da Noite de Natal (Noite Feliz, Tocam os sinos, “Vinde pastores, alegres ver Jesus….”, etc)

 

Dia 25/12

Os pastores amanhecem se retirando do estábulo. Os Reis surgem em algum lugar distante na casa (canto da escada, sala, etc). Pode-se contar histórias do nascimento de Jesus e suas visitas, podemos contar histórias dos reis a partir de 01/1 até o dia de Reis.

E no dia de Reis 06/01 todo presépio e decoração natalina são guardados.

Advento

A Época do Advento são as 4 semanas que antecedem o dia de Natal , em 2010 inicia-se no domingo dia 28 de novembro, no Advento começamos a nos preparar para o Natal, assim como se expressa a composição da palavra Advento: “aquele que vem”.

Nesta época nos ocupamos com muitos preparativos, limpamos e arrumamos a casa, colocamos enfeites, compramos presentes e os embrulhamos festivamente e há também a confecção de bolos e biscoitos típicos da época. Afinal são tantas coisas que não podemos deixar de fazer para nos preparar para o Natal que é comum se instalar e nós e em nossas casas uma disposição de ânimo de correria e um certo desassossego, essa sensação de falta de tempo e correria nos causa um mal estar que acaba por nos esgotar antes do término das festas de fim de ano.

Porque será que sentimos com tanta força dentro de nós a importância desses preparativos?

O que fazemos exteriormente agora no Advento certamente tem seu significado, mas é apenas uma imagem daquilo que poderíamos fazer em nosso íntimo para nos preparar interiormente também.

A sensação de agora ser tempo para arrumar e embelezar a casa é, na verdade, uma transformação daquela outra sensação que nos diz: é hora de arrumar a minha consciência, preciso cultivar os pensamentos adequados. Essa preparação interior é o mais primordial e também o mais essencial, apesar da atividade exterior da época de Advento sempre dificultar a obtenção da calma necessária para refletir e ordenar o nosso íntimo

Esse sentimento vive em nós, e todo ano nesta época desperta com toda a força, mas às vezes levados pela correria fazemos somente os preparativos externos.

E o presentear?  Presentear objetos exteriores certamente pode proporcionar grande alegria, mas quando alguém está disponível para o outro, se dedica ao bem-estar de outros, este é o presentear interior.

Fonte: Preparativos de Natal (James H. Hindes); Febre de Natal (Friedrich Rittelmeyer)